SEJA PARCEIRO DA RÁDIO WULP

Galera, vamos lá, se você tem um blog ou site, seja parceiro da Rádio mais ROCK AND ROLL do universo.
CLIQUE AQUI E SEJA PARCEIRO DA RWULP

Destaques

The Ocho Guitar Lessons: Detroit Rock City Solo ________________________________________________________ The Ocho Guitar Lessons: Beat It

Guia de Informações

1 - Por favor comente em nossos posts, o seu elogio, é a nossa motivação, portanto, COMENTE!

2- A maioria das vezes não botamos senha nos arquivos, se houver senha, ela estará vísivel no post.

3 - Algum link desativado ou problema em algum arquivo baixado?, contate-nos aqui, e veremos o que podemos fazer.

4 - Pedidos? Aqui

5 - Contribuições de links ou textos? Aqui

6 - Aos poucos nosso acervo vai crescendo, pra procurar, qualquer discografia, texto, matéria, video-aula, use a Ferramenta
de pesquisa, acima da playlist.

7 - Conheça os Servidores Hospedeiros Aqui


8 - Contato

9 - Índice das Bandas


28 de junho de 2009

História do The Jimi Hendrix Experience

The Jimi Hendrix Experience foi uma famosa banda britânica/americana de Rock de grande influência, apesar da curta carreira, que teve como líder o músico Jimi Hendrix.

Foi por esta banda que Jimi Hendrix gravou a maior parte das suas mais famosas músicas como "Purple Haze", "Foxy Lady", "Fire", "Hey Joe", "Voodoo Child (Slight Return)", "All Along the Watchtower" e "Spanish Castle Magic".

Embora Jimi Hendrix tenha sido o líder da banda, os outros dois integrantes (o baixista Noel Redding e o baterista Mitch Mitchell) foram também dois importantes músicos vitais para a banda.

Hendrix chegou a Inglaterra em Novembro de 1966 e, junto com o seu agente Chas Chandler, começaram com audições para encontrar outros músicos para a banda. Noel Redding foi escolhido para o lugar de baixista. Apesar de nunca ter tocado baixo, pois era guitarrista, Hendrix gostou da sua aparência e atitude. Mitch Mitchell era um baterista que atuava em Londres capaz de acrescentar à banda o estilo jazz.

Apesar de inicialmente a banda ter sido formada para apenas acompanhar Hendrix, "The Experience" cedo provou ser mais do que isso. Seguindo os passos do líder dos Cream, eles foram um dos primeiros grupos a popularizar os formato "power trio", que essencialmente é constituído por guitarrista, baixista e baterista.

A formação teve o seu valor reconhecido pela primeira vez durante o Monterey Pop Festival, um dos maiores festivais de música daquela época. A banda teve uma excelente atuação, que terminou com a famosa cena em que Hendrix ateou fogo à sua guitarra. Este momento foi imortalizado em uma fotografia que foi mais tarde usada como capa da revista Rolling Stone.

Este concerto foi filmado e usado no documentário Monterey Pop. Isto atraiu as atenções do público norte-americano e a banda foi convidada para participar da turnê com The Monkees como banda de abertura. Eles acabaram por abandonar a turnê depois de alguns concertos. Chas Chandler mais tarde disse que tinha se tratado de uma jogada de publicidade.

Com a banda, Hendrix gravou seus três álbuns de maior sucesso, Are You Experienced?, Axis Bold as Love e Electric Ladyland. Em Junho de 1969, ele decidiu acabar com a banda após vários problemas. "The Experience" foi introduzida no Hall da Fama do Rock and Roll em 1992. Abaixo estão as três músicas mais conhecidas do The Jimi Hendrix Experience:

Hey Joe


Purple Haze


Vodoo Child


Obs:Em breve estarei fazendo um post com a história do Jimi Hendrix. Ahh, pra quem não sabe, repare nos vídeos, que Jimi Hendrix era canhoto, mas tocava com guitarra pra destro, é por essas e outras que ele foi o maior guitarrista da história!

7 de junho de 2009

CD The Ocho Vol.3



Fala galera, é isso ai, to postando hoje o The Ocho Vol.3. Na minha sincera opinião, o cd ficou ótimo, vale o download.

CD The Ocho Vol.3 Download

Quer baixar os outros?
CD the Ocho Vol.1 Download
CD The Ocho Vol.2 Download

5 de junho de 2009

Under Cover - Ozzy Osbourne


Fala galera, fugindo um pouco da temática 'História das Bandas' e 'TOP 5', porém, válido pra o seu, o nosso, Guia de Rock n' Roll. Resolvi fazer um post pra comentar um pouco sobre um cd no mínimo interessante, não é tão recente. Under Cover do velho Ozzy, lançado em 1 de Novembro de 2005, pelo próprio nome, já da pra saber qual é a temática do album. São 13 covers de músicas na grande maioria famosas, como In My Life(Beatles), Sunshine of Your Love(Cream), Sympathy For The Devil(Rolling Stones) entre outras. Os covers, todos de altíssima qualidade, mas com o Ozzy dando uma invenenada nas músicas, deixando um pouco mais pesadas, como é característico dele. Vale muito a pena ouvir o CD, vou disponibilizar o link pra download aqui, se gostar, compre ^^. Vejam esse vídeo, onde o Ozzy canta In My Life do Beatles, com participação do Slash, a música está nesse cd.


Download
Tracklist:
"Rocky Mountain Way" – 4:32
"In My Life" – 3:30
"Mississippi Queen" – 4:11
"Go Now" – 3:42
"Woman" – 3:45
"21st Century Schizoid Man" – 3:53
"All The Young Dudes" – 4:34
"For What It’s Worth" – 3:20
"Good Times" – 3:45
"Sunshine Of Your Love" – 5:10
"Fire" – 4:08
"Working Class Hero" – 3:22
"Sympathy For The Devil" – 7:11

4 de junho de 2009

Kombi do Rock [Especial]


Fala galera, Kombi do Rock é mais uma sessão do blog, será um post semanal ou quinzenal. O que esse post tem de especial(além da Kombosa do The Ocho ^^)? O post tem um tema, será uma playlist com 8 à 10 músicas, que envolvão: carro ou qualquer tipo de locomotiva, sacaram?
Obs: Ouça uma música de cada vez, se você clicar em duas músicas eles ira travar. Enjoy It! Até a próxima!

Playlist de Hoje:
Drive My Car - Beatles


Wash My Car - Paul Gilbert


Crazy Train - Ozzy Osbourne


Rock n' Roll Train - AC/DC


Catch Your Train - Scorpions


Muscle Car - Paul Gilbert


Locomotive Breath - Jethro Tull


Harley Davidson - AC/DC

2 de junho de 2009

TOP 5: Guitarras



5º- Gibson Flying V

O primeiro protótipo desta guitarra foi feito em 1957. Ela, junto com a Futura, Explorer e a Moderne, iniciaram uma linha da guitarras modernistas desenhadas pelo então presidente da corporação, Ted McCarty. Estas guitarras vieram com o propósito de dar uma cara mais futurista à Gibson, mas elas inicialmente não vingaram. Depois do seu lançamento, em 1958, a linha foi interrompida em 1959.

No meio dos anos 60, guitarristas como Albert King, Lonnie Mack, Dave Davies e Jimi Hendrix, na procura de um visual mais arrojado e um som mais poderoso, começaram a usar Flying Vs. O interesse fez com que a Gibson pensasse em relançar o modelo.

E em 1967 ela de fato relançou o modelo, melhorando seu modelo com um escudo maior e mais bonito e trocando a ponte original, que tinha as cordas inseridas pela parte de trás do equipamento, pela ponte tradicional da Gibson. Alguns modelos eram fabricados com um trêmolo. Este modelo é agora o padrão para a Flying V ou, como a Gibson agora a chama, V Factor.


4º- Fender Telecaster


Na sua forma clássica, a guitarra é extremamente simples construído, com o pescoço e escala compreendendo uma única peça de maple, aparafusado para uma cinzas ou alder barato jigged corpo com uma superfície plana na parte da frente e para trás. O hardware inclui dois única bobina captadores controlada por um interruptor selector de três vias, e cada um de volume e tom controles.

A capa do captador da ponte das teles, conhecida no exterior como Ash Trey (cinzeiro) pode ser muito bonita visualmente, mas pode minar a tocabilidade, pois com ela, técnicas como o Palm Mute, na qual a palma da mão é colocada sobre as cordas com o intuito de abafá-las, não podem ser executadas. Por esse motivo a peça era retirada e usada como cinzeiro pelos guitarristas. Um dos poucos músicos que tocavam com ela sem problemas era Albert Collins, falecido bluesman americano, que tinha uma técnica toda particular de mão direita.
Keith Richards(Rolling Stones), John Frusciante(Red Hot Chili Pepers), entre outros guitarristas famosos, usaram e usam-a.


3º- Gibson SG



Gibson SG é um modelo popular de guitarra elétrica de corpo sólido, surgido no começo dos anos 60.

Em meados de 1960 a Gibson Guitar Corporation sentiu que o modelo Les Paul, fabricado desde 1952, já esgotara seu apelo, e decidiu mudar o design. Este novo design foi oficialmente lançado no modelo de telefone masculino especial de 1961. A idéia principal era competir com a de telefone feminino de cutaway duplo. Depois que o contrato de Les Paul com a Gibson terminou em 1962, a guitarra foi renomeada para "SG" (abreviação para "solid guitar", ou "guitarra sólida") no final de 1963.
Vários Guitarristas usaram/usam uma SG, só pra citar alguns: Jimi Hendrix, Eric Clapton, Angus Young, Toni Iommi, Santana, Jimmy Page, Pete Townshend, entre muitos outros.


2º- Gibson Les Paul


O modelo Gibson Les Paul é um dos mais conhecidos designs de guitarra elétrica de corpo sólido. Foi desenvolvido no começo dos anos 50 e se tornou um dos mais duradouros e populares modelos de instrumentos no mundo. Seu design foi deixado praticamente intocado por quase 50 anos.

O modelo Les Paul representa uma parceria entre a empresa de guitarras Gibson, sob a presidência de Ted McCarty, e o astro pop, inventor de eletrônica e guitarrista de jazz Les Paul.

Les Paul apresentou um protótipo a diretoria da Gibson e, para sua decepção, a guitarra não agradou e foi deixada de lado pois o foco naquela época era para guitarras semi-acusticas da própria Gibson. Só que em 1950 a Fender lançou o modelo Telecaster (inicialmente se chamava Broadcaster) e como se tornou logo um sucesso de vendas, a Gibson então resolveu investir na Les Paul, que acabou se tornando um ícone.


1º- Fender Stratocaster


Fender Stratocaster é um modelo de guitarra elétrica desenhada por Leo Fender, George Fullerton e Freddie Tavares em 1954, e fabricada continuamente até os dias de hoje. Junto com a Gibson Les Paul, Gibson SG, e a Fender Telecaster, a Strat, como é conhecida no exterior, é um dos modelos de guitarras elétricas mais populares e resistentes do mundo.

Leo Fender queria um instrumento infalível que não perdesse em agudos mas que tivesse graves mais poderosos que a estridente Telecaster, modelo até então hegemônico. Que falasse baixo, gritasse ou chorasse sem perder o timbre. Então, utilizou o trémulo, uma inovação na altura, o que permitia uma grande distorção do som, mas, não causava a desafinação da guitarra, que se mantinha afinada (mais tarde aperfeiçoado com o popular FloydRose). Seu Headstock ("cabeça", parte aonde se localiza as tarrachas que afinam a guitarra) mais grosso que a telecaster existe pelo fato de que vários músicos da época na Telecaster (que na verdade começou com a Broadcaster, uma Tele mais simples) faziam chacota sobre a cabeça fina e estreita da Telecaster.